Etapa 3 / 6 de Junho

125 Km / 1430 m (D+)

Depois de acompanharem o Rio Zêzere durante os primeiros quilómetros e subirem ao alto do marco que assinala o centro geodésico de Portugal, os participantes sairão do cenário mais montanhoso do norte e centro de Portugal para entrarem na paisagem mais plana do Ribatejo e Alentejo. A passagem do Rio Tejo marca esta grande mudança no cenário que envolve o percurso da prova. Os últimos quilómetros são então feitos até Ponte de Sor, onde os atletas poderão aproveitar mais horas de descanso proporcionadas por uma etapa à partida mais curta e rápida para recuperar para s duas etapas que se seguem.