Ride Across Portugal - Etapa 4
Etapa 4
Etapa 4 / Crato - Évora / 111 km / 21 maio
Menu
Cidade de Partida
Cidade de Chegada
Perfil
Descrição e Mapa
Hotel Partida
Hotel Chegada
Crato

Situada na região do Alto Douro, numa área de terras xistosas também conhecidas como “Terra Quente”, Vila Nova de Foz Côa é uma cidade, sede de concelho, que viu o seu nome correr fronteiras pela descoberta e classificação como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO das suas gravuras rupestres paleolíticas ao ar livre no vale do Rio Côa, um dos maiores centros arqueológicos de arte rupestre da Europa. 

Região maioritariamente agrícola, é também conhecida como a “Capital da Amendoeira”, devido à grande densidade desta árvore no concelho, em parte derivada do especial microclima de cariz mediterrânico que aqui se faz sentir, permitindo paisagens sem igual quando estas amendoeiras florescem e vestem os campos de branco e rosa, normalmente na segunda semana de Fevereiro prosseguindo até aos primeiros dias de Março. 

Este mundo agrícola molda a paisagem de vinha, olivais e das referidas amendoeiras, permitindo panoramas únicos de grande beleza, por entre montes e vales, onde cursos de água abundam. 

Por todo o concelho existem Aldeias Rurais, xistosas, onde a tradição e costumes ainda imperam. 

O valor Patrimonial do concelho de Foz Côa é grande, numa zona de grande interesse arqueológico, tendo mesmo sido descobertos e classificados cerca de 195 sítios. Por estas paragens se encontram castelos, castros, igrejas, capelas, pelourinhos, solares, pontes e estradas romanas, que demonstram o marco das populações que aqui habitaram e escreveram a história durante séculos. 

Na cidade de Vila Nova de Foz Côa atesta-se o fervor religioso na sua bonita Igreja Matriz, de fachada Manuelina, e nas muitas Capelas, como a de Santa Quitéria (que se pensa ter sido outrora uma sinagoga), a de São Pedro e Santa Bárbara ou a barroca Capela de Santo António. Algumas casas senhoriais e brasonadas enriquecem o património arquitectónico da cidade, como a Casa dos Andrades. A Torre do Relógio, no sítio do Castelo, demonstra a arquitectura militar de outros tempos. 

Évora

Cidade Alentejana, capital de distrito e sede de um dos maiores concelhos do País, Évora é uma das mais emblemáticas cidades Portuguesas. 

O seu belo centro histórico foi classificado pela UNESCO como Património da Humanidade, numa área de cerca de 105 hectares e cerca de 400 edifícios, que é, por si só, um dos melhores motivos para visitar esta maravilhosa cidade Alentejana. 

Évora é conhecida pela importante presença Romana na época da ocupação da península, Évora foi mesmo chamada Liberalitas Julia. Durante as invasões barbaras, Évora esteve sobre domínio visigodo. Em 715 d.C. a cidade foi conquistada pelos mouros, tendo sido reconquistada por Geraldo ''sem pavor'' em 1166, ) tornando-se durante a Idade Média uma das mais prosperas cidades do reino, tendo sido, em 1551, fundada pelos Jesuítas a Universidade, símbolo de juventude e saber desta emblemática cidade. 

Com toda esta rica história, não faltam no município de Évora locais de incontornável visita, como a sua imponente Sé Catedral construída entre 1186 e 1204, o conhecido Templo Romano (popularmente apelidado de “Templo de Diana”) construído entre o século I e III d.C, a Igreja de São Francisco e a sua célebre Capela dos ossos, totalmente revestida de ossadas humanas, a bonita Igreja dos Lóios (século XV), ou o Palácio de D. Manuel, com a interessante Galeria das Damas, parte do que resta do Paço do século XVI construído pela Dinastia de Avis que tanto influenciou e adorou estes domínios. 

As cerca de 20 igrejas e mosteiros da cidade denotam a sua importância histórica e religiosa. Local bem central e imperdível é a famosa Praça do Giraldo, com arcadas em estilo árabe e uma fonte datada de 1571, local de encontro de todas as gerações, de animação e espectáculos especiais. 

Évora possui uma excelente oferta de artesanato, hotelaria e restauração, podendo-se degustar verdadeiras delícias típicas Alentejanas, numa cidade que tradição, conjuga paz de espírito, história e animação como poucas. 

Perfil

Propositadamente mais curta, esta 4ª etapa, para além de permitir aos atletas recuperar do esforço acumulado nos dias anteriores, possibilita a chegada mais cedo ao final da etapa, onde os participantes são acolhidos em Évora.

A paisagem ondulada, tipicamente alentejana, com as estradas enquadradas por searas e sobreiros é por vezes contrastada pelos espelhos de água das barragens atravessadas ao longo do percurso.

Avis, Pavia e Arraiolos são algumas das cidades e vilas mais emblemáticas e históricas do Alentejo cruzadas nesta 4ª etapa. Já em Évora, cruzam-se como em nenhum outro local, a história, a cultura, a gastronomia e toda uma atmosfera que faz desta cidade, uma das principais atrações turísticas do nosso país.

O Vila Galé Évora Hotel é o local perfeito para descansar e recuperar para as duas etapas que faltam para o final.

Pousada Mosteiro do Crato

A Pousada Mosteiro do Crato está localizada na aldeia de Flor da Rosa, concelho do Crato, em pleno Alto Alentejo, a 22km da cidade de Portalegre. 

Foi edificada no Mosteiro de Santa Maria de Flor da Rosa e é composto por três edificações distintas a igreja-fortaleza de estilo gótico, um paço-acastelado gótico, já com alterações quinhentistas, e as restantes dependências conventuais já renascentistas e mudéjares. 

Este Mosteiro é das obras mais emblemáticas da região e um dos mais originais edifícios do Gótico, em Portugal. Durante a sua estadia neste hotel de luxo usufrua de uma piscina exterior com um terraço soalheiro ideal para apanhar banhos de sol, relaxe no Magic Spa com jacuzzi ou desfrute de uma refeição no restaurante.

Os quartos são luminosos com decoração moderna, cores acolhedoras e mobiliário de madeira escura equipados com televisão, mini-bar e internet wi-fi gratuita.

Vila Galé Évora

O hotel Vila Galé Évora, inaugurado em 2015, fica junto às muralhas desta cidade do Alentejo, a dois minutos a pé do centro histórico.

Dedicado à cultura alentejana, este hotel em Évora permite-lhe sentir a tradição e a história da região assim que entra. O Cante Alentejano, classificado como património imaterial da humanidade pela UNESCO, e a herança muçulmana do Reino Al Andaluz inspiram a decoração. Também a arte equestre é retratada no hotel Vila Galé Évora, numa parceria com a Escola Nacional de Arte Equestre de Alter do Chão. Por isso, aproveite a estadia para deambular pelo hotel e ver as imagens, as letras das ‘modas alentejanas’ escritas nas paredes, os trajes típicos dos cavaleiros.

Com 185 quartos e suítes amplos e modernos – descubra a surpresa cromática que preparámos para que relaxe plenamente – o hotel Vila Galé Évora conta ainda com dois restaurantes, um bar, piscina exterior para adultos e para crianças, com escorregas. O spa Satsanga com vertente médica e tratamentos exclusivos com produtos naturais da região, a piscina interior aquecida, sauna e banho turco, são outras das facilidades do hotel.

Para o segmento de negócios, no hotel Vila Galé Évora está disponível um bem equipado centro de convenções, com quatros salas.

Neste hotel em Évora, além de estar praticamente em frente à estação de autocarros expresso, tire partido da localização para, numa breve caminhada, chegar à famosa praça do Giraldo, animado pelas suas esplanadas e arcadas. E siga caminho pelas pitorescas vielas e praças de Évora, considerada Património da Humanidade pela UNESCO, passando pelo Templo Romano e pela capela dos Ossos na igreja de São Francisco Aqueduto Água de Prata. Mas também pela Sé Catedral, a maior catedral medieval do país, e pela universidade. Depois, divirta-se aproveitando os muitos restaurantes e bares e o ambiente vibrante desta cidade também estudantil.

Nas redondezas deste hotel em Évora, visite a Gruta do Escoural, com as suas gravuras paleolíticas que remontam a 25 000 a.C., o Cromeleque dos Almendres, o monumento megalítico mais importante da Península Ibérica e um dos mais importantes da Europa ou o Castelo de Monsaraz, o Castelo de Estremoz e o Paço Ducal de Vila Viçosa.